quinta-feira, 15 de outubro de 2015

VIDA DE PROFESSORA...VIDA DE PROFESSOR...


Emoticon heart

POR MADALENA FREIRE


Vida de professora/professor não é fácil... É empreitada cotidiana, batalha a cada aula. Onde a gente a cada dia se pergunta:
- Que diabo estou fazendo aqui?
- Não vou dar conta! É demais para mim!
- Não tem jeito, ele não vai aprender!?
- O que me falta? Será que é comigo? A incompetente sou eu?...
As respostas não vêem de cara. Elas pernoitam horas que deveriam ser de sono, mas que se tornam desassossego pela escuridão da noite... Contudo, no clarão do dia surge uma saída, e lá vamos nós, correndo atrás, esperançosos... A cada aula damos um passo, um escorregão, vontade de desistir, de fugir, de não se acreditar capaz.
Mas a cada nova aula uma batalha conquistada... aprender não é fácil, de cara! Aprender exige disponibilidade, vontade, desejo, abertura para enfrentar os “não sei”, os “é difícil”... Gente só aprende a partir do que faz sentido e significado, a partir do que sabe, a partir da própria experiência. Por isso que ensinar é tão difícil! Pois cada aluno é um, com sua impressão digital mostrando que é o único exemplar na face da terra. Por isso mesmo tem que ser acolhido, respeitado pelo que é e não pela imagem idealizada que posso vir a ter dele.
Gente só aprende por amor e por ódio, jamais na indiferença... gente cria e vive tecendo relações vinculos para poder assim, aprender e ensinar; sempre dentro de um grupo, junto com muitos.
Ser gente “é ser junto”, como nos diz Paulo Freire. É viver com, ensinar com, fazer com, aprender com.
Por isso, a matéria prima do educador, de nós que ensinamos, é a pessoa humana. É um exagero, uma redundância falar em pessoa humana, porque não existe pessoa que não é humana. Mas no mundo de hoje, mais do que nuncasefaz urgente e necessário resgatar esta aprendizagem de se tornar Humano... Nesse mundo descartável em que gente virou coisa, embruteceu-se, perdeu-se, na sua essência vital, sagrada de ser GENTE. A matéria da educação, do educador, é a pessoa humana que conhece, aprende junto com os outros.
O conhecimento é LUZ, que quando sintonizado com a luz, desejos e sonhos de cada um (e de todos) transforma-se, encarna-se em vagalumes, estrelas constelantes, que iluminam irradiando reverberando energias para a mudança, crescimento de muitas vidas. A vida e o conhecimento devem ser sempre celebrados, glorificados. A vida, este único presente que nos é dado de graça como GRAÇA a ser assumida.
Por isso, a cada dia, ao entrar em cena em sala de aula, estamos renovando nossos votos de fé, na luz do conhecimento e do ouro reluzente em cada um de nossos alunos. E ao mesmo tempo, também, agradecendo à vida, por tudo que tem nos possibilitado construir em nossas guerras cotidianas... E a luta sempre continua... sempre vale a pena! Na grandeza dessa profissão, desse profissional; vagalume, estrela constelante de energia, luz e conhecimento.
Parabéns para todas as educadoras e educadores! 

Nossa singela homenagem... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário