O que é Chaveiroeiro?


O Chaveiroeiro é um instrumento mágico com chaves capazes de abrir as portas de todos os contos, cantos e corações do mundo.
Mafuane Oliveira e seu Chaveiroeiro

A Cia Chaveiroeiro cultiva o “Folclore nosso de cada dia!”, com apresentações de narrações de histórias para o público adulto e infantil. A contadora de histórias Mafuane Oliveira em parceria com músicos convidados,  brinca com as palavras apresentando desafios de cordel, contos brasileiros e cantigas, resgatando o tesouro da tradição da cultura popular. 


Além da divulgação da cultura popular, a Cia incentiva a leitura com repertório diversificado, apresentações baseadas em livros de autores consagrados, clássicos e textos de própria autoria.
Músicos parceiros: Vinícius Medrado e Amanda Ribeiro

Temos uma proposta educativa, onde histórias e músicas não se reduzem a mero entretenimento. Propomos uma educação e contato com o conhecimento livre da obrigatoriedade que normalmente a sociedade e a escola nos impõe. De forma lúdica buscamos a educação da sensibilidade, da escuta, educação do conhecimento com fim em si mesmo, do conhecer por conhecer... 
Educação para a leitura, não apenas dos livros, mas para a leitura do mundo... 


Porque contar e ouvir histórias é atualizar a própria vida! 





COMO TUDO COMEÇOU? 

Era uma vez...

“Anda roda Chaveiroeiro
anda roda sem cessar
Quando o Chaveiroeiro parar
Uma história irei contar...
Cantos e contos de todos
os cantos eu vim contar
Quantos encontros azuis
E amarelos irão brotar”

(música Chaveiroeiro)

Era uma vez um instrumento mágico chamado Chaveiroeiro. Ele era feito de chaves capazes de abrir as portas de todos os contos, cantos e corações do mundo. Um dia, duas meninas que eram muito amigas encontraram esse instrumento e decidiram se tornar contadoras de histórias. Quem eram elas? Mafuane e Marília...


          Mafuane, nome de origem africana, que significa “Terra Natal’’ na língua Iorubá. É cidadã do mundo, sua “terra natal” são os sonhos. Mediadora cultural, Pedagoga, Arte-educadora e Contadora de Histórias. Quando começa sua narração cada história torna-se passaporte, bilhete de partida, ponto de chegada.

          Marília, encontro de Mar e Ilha. Resultado da união do “mar de sons” com a “ilha da harmonia”, tudo que faz tem intenção musical. Pedagoga, Arte-educadora e multi-instrumentista. Em suas mãos todos os objetos viram instrumentos e acompanhados por sua bela voz, alcançam a alma das pessoas.

Mafuane Oliveira e Marília Maia na Biblioteca Belmonte
As duas idealizaram a Cia Chaveiroeiro em 2008 e desde então convidam o público a viajar na narrativa das mais belas histórias, entoando canções que na maioria das vezes são composições e arranjos de autoria própria.

De forma melodiosa através dos contos populares a Cia resgata a ancestralidade de cada ouvinte, com delicadeza e alegria. As histórias despertam sentimentos de esperança e virtude, capazes de cruzar todas as fronteiras, fazendo da narração  um momento mágico, que emociona crianças e adultos.